segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Segunda 13 de Novembro

Tenho tanta coisa pra te contar! Você deve imaginar que meu final de semana foi bem badalado, né. Sexta-feira tio Alex veio me buscar.Chegamos ao nosso destino no sábado de manhã. Papai, como imaginei, não estava em casa.Tio Alex disse que ele estava na maior correria por causa do casamento.
À tarde fui visitar Jeni.Mal me viu e já me parabenizou pelo meu aniversário (engraçado que eu tinha até esquecido que era meu aniversário).Nosso encontro foi super emocionante, mas sem novidades.Minha querida amiga continua a mesma. Quem não continua o mesmo é o irmão dela, Jeferson.Está mais bonito e super diferente. Pensei que quando chegasse lá, ele ficaria no meu pé o tempo todo, como antigamente.Mas me enganei.Ele apenas me cumprimentou rapidamente, e saiu, sem mais delongas. Jeni disse que ele está trabalhando, e até pensa em fazer faculdade ano que vem. Ela acha que foi a namorada dele que operou tamanha mudança no irmão.Segundo ela, a garota é super estudiosa e exemplar. Mas eu acho que o Jeferson está tentando apenas impressionar a garota.
À noite fui ao casório com Jeni e a família dela, com a namorada do Jeferson, "Estela", incluída.Ela é tão esnobe! E nem é tão bonita. Mas... mudando de assunto, o casamento foi muito bonito.Foi realizado em um grande salão da cidade. Eu até teria curtido, se o casamento não fosse do meu pai. Alice estava linda, e o meu pai também, como sempre.Nunca pensei que diria isso, mas, eles até que formam um belo casal.
Depois da cerimônia, quase não saí de perto da Jeni, a não ser na hora em que fui cumprimentar os noivos.Ao fim da festa, meu pai me chamou pra conversar.Me deu os parabéns pelo meu aniversário e me deu uma linda pulseira de ouro, com as iniciais do meu nome gravadas.Parece ter sido caríssima.Disse que pensou em me dar algo diferente, tipo uma viagem.Mas preferiu me dar algo que eu pudesse guardar comigo para sempre.Depois disso, conversamos sobre sua separação da mamãe, e ele me explicou algumas coisas relativas ao assunto. Também me pediu desculpas por não poder estar perto de mim.
Sabe, querido Diário, esse não foi o aniversário dos meus sonhos, mas até que gostei.Principalmente pelo fato de poder estar perto do meu pai.Eu sempre fui acostumada a passar meu aniversário perto dele e da mamãe.Esse é o segundo aniversário que não passo junto com os dois.Mas fazer o que , né.As coisas mudam.
Mas estou mais feliz ainda porque perto do meu aniversário ganhei um novo amigo: Jesus.Ele é a razão do meu viver.E me ajuda a enfrentar os problemas e a aceitar tudo que está acontecendo comigo sem o desespero e a tristeza que eu sentia antes.Agradeço também pela amizade da Cris. Tudo começou por ela.
Aliás, agradeço por tudo, querido Diário.

Bye

Carolina

2 comentários:

  1. Jesus é o nosso maior amigo, o mais fiel de todos... que bom que a Carol reconheceu isso...

    ResponderExcluir